terça-feira, 30 de junho de 2015

Você.

O rapaz falava, falava e continuava falando. Tínhamos assuntos em comum, vontades que combinavam e a cerveja ajudava. Mas algo me irritava. E não era apenas o fato de não ser você, mas o modo de falar. Talvez o jeito com que os lábios se mexiam ou como piscava os olhos rápido demais e me passava algum tipo de insegurança. Não sei o que havia, mas algo me desagradou. O outro antes dele, que eu saí no dia que eu mais queria passar com você, também me irritou. Foi o formato da barba, e o olhar penetrante demais. Se eu for falar daquele que me envia mensagens e faz meu coração disparar achando que é você, aí sim vem a decepção. Não há nada em comum entre vocês. Em nenhum deles achei algo que me conquista ou me prende da forma como você o fez. Todos eles queriam o meu colo, o meu beijo e a minha carícia. Tudo aquilo que tenho reservado pra você e que você ignora, não faz questão. E me engano, digo que você não sabe demonstrar. Que meu sorriso te desarma e por isso me evita. Que vai querer atravessar a rua me segurando pela cintura e mostrando pra todo mundo que sou sua, mas não o faz por medo. Não o faz porque uma vez foi magoado. Não o faz por medo de que alguém veja e queira me roubar de você. Prefere manter distância, uma falta de certeza. Não quer me conquistar ou ser conquistado rápido demais. Tudo tem seu tempo, consigo ouvir você dizer. E tudo o que eu quero é gastar todo meu tempo com você. Consegue ouvir?
Olha só, eu sei que você andou por caminhos tortuosos, sei que doeu. Dói mesmo. A vida machuca com golpes de faca bem no profundo do coração. Sei que há umas tantas outras de sorriso mais bonito, corpo mais fino, boca mais bem desenhada. E está tudo aí pra você conhecer e talvez se reconhecer em alguma outra, mas nesse momento eu quero ser aquela que te beija sem receio. Nos outros sempre faltou um algo, ou sempre teve algo demais. Então surgiu você com esse olhar curioso, beijo que encaixa e sorriso de menino. Você, moreno do cabelo bagunçado, que me faz escrever linhas tortas sobre um romance ainda mais torto e sem previsão de alinhamento. Mesmo que vênus entre na minha casa astrológica, parece não haver uma solução. Enquanto eu passeava de mãos dadas com um outro alguém pelo teu bairro, nada me tirava esse teu abraço da cabeça. Enquanto eu sorria sobre motivos bobos que não me importavam tanto assim, eu queria era nossas conversas profundas via aplicativo. Eu queria era deitar no teu peito e encarar o teto do teu quarto por horas, mas estava afundando minha boca em uma outra que, por infortuno do destino, não era a sua.
Veja se entenda, meu bem. Eu tive alguns e esses alguns não tinham o teu sabor, o teu jeito, o que me faz tão bem. Alguns deles fariam o máximo pra que eu desse o mínimo de atenção pras suas investidas. Mas, no momento, nenhum deles consegue fazer o que você me faz. Teu beijo que encaixa e me faz querer ficar encaixada por horas, mesmo que isso me causa uma demissão por justa causa ou um atraso significativo em algum outro compromisso. Teu corpo que se junta ao meu corpo e me faz pensar e querer besteiras e gruda, não se solta, mexe com todos os meus pensamentos e me faz mais tua do que você imagina. Esse teu sorriso que vai me fascinando e eu vou querendo te fazer cada dia mais feliz. Esse teu olhar que parece iluminar todo o nosso caminho, esse teu jeito de menino, esse teu poder de sedução. O fato de você poder ser usado como arma de destruição e ainda sim preferir a calmaria, e me passar uma paz que ninguém mais conseguiu.
É tudo em você. É tudo o que eu quero pra mim hoje. Amanhã talvez eu mude de ideia. Sim, eu posso mudar. Então porque não vem agora e me prova que mesmo nossa conchinha não dando muito certo, você vai tentar outra vez. Vamos procurar o encaixe certo. Vamos procurar outros motivos pra ficarmos mais um pouco um na vida do outro. Que vai perder esse teu medo e se entregar sem receios. Talvez eu pudesse destroçar seu coração, mas tudo o que eu quero é cuidar de você e te dar meus melhores beijos. Dividir a cama, o controle, os sorrisos, a vida se quiser. Você e tem sido só você que tem me feito querer todos aqueles problemas que relacionamentos costumam trazer. E eu deveria estar assustada, como você. Mas eu acho que seríamos incríveis juntos. Só basta você querer.

quarta-feira, 24 de junho de 2015

Sua.

Me deixa gostar de você. Me deixa chegar perto, deitar junto, segurar tua mão. Larga teus medos e receios, pula desse precipício junto comigo. Serei teu paraquedas, a queda não será ruim. Teremos a adrenalina, sorriremos ao sentir o vento batendo no nosso rosto. Beijarei teus lábios, te pressionando junto a mim para que não haja chances de você escapar. Sente meu coração batendo mais forte enquanto aguardo a sua chegada. Cada segundo longe me causa dores que só curam com a sua presença. Faço drama, deito na cama e choro como criança. Tenho medo que você me esqueça, que conheça outros corpos mais atraentes, que minha timidez não seja atrativo.
Me deixa ficar que arranjo um espaço entre o armário.  Não vou te perturbar, fazer barulho, e só falo se você me permitir. Me encaixo nos seus dias, te marco na agenda, ligo todos os alarmes. Eu tomo banho duas vezes por dia, como bem pouco e gosto de deitar do lado esquerdo da cama. Gosto de ver o sol se pôr nas pedras do Arpoador, faço poesia todos os dias e corro quando começo a pensar mais do que sentir. Vamos assistir todos os filmes que ainda não vimos. Que tal um cinema nesse sábado? Ás 13h tem uma sessão legendada perto da sua casa. Podemos esticar pra um guaraná, enquanto você me conta seus segredos e me olho com esses teus olhos curiosos. Você pode me dar um beijo na testa se quiser, ou me puxar antes de eu ir embora e dizer que terá saudades. Vou romantizar seus atos, enxergar reciprocidade mesmo quando se afastar, e te dar todo dia um motivo novo para permanecer do meu lado.
Me aceita nos teus dias que te levo flores, trago sorrisos, atravesso a rua com o sinal aberto mesmo morrendo de medo de ser atropelada porque confio em você. Te mostro cada um desses meus medos bobos e assumo cada uma das minhas coragens absurdas. Não quero esconder a bagunça e dizer pra você não reparar. Quero que repare, que conheça, e que fique. Você pode me ajudar a ajeitar se me permitir colocar as coisas no lugar na sua vida. Nos ajudamos a manter a fé, encarar as desconfianças, botar tudo em palavras quando a dúvida surgir. Quero ser teu novo amor, um amor novinho, que te fez acreditar novamente. Quero ver você sorrindo por saber que alguém no mundo te quer tanto quanto eu consigo te querer.
Me aceita na sua vida que eu vou marcando teus dias, vou achando meu lugar, sugerindo restaurantes e acariciando teus cabelos. Aprendo a usar mais força nas minhas massagens, deixo o cabelo cacheado e invisto em lingeries mais sexys. Aprendo a correr 20km, aprendo a não ter medo do trânsito, aprendo a ser o melhor que você quiser. Eu estou querendo te pedir por súplicas que me deixe te querer, que me permita sentir sua falta e que aceite estes sentimentos que crescem quando vejo seu sorriso. Você não precisa sentir o mesmo, só nao tente afogar o que eu sinto. Não vou calar meu coração quando ele ainda pode cantar como um passarinho na tua janela, e te encantar com essas minhas falas tão belas. Quero desta vez ser a tua donzela, e não me perder diante das rimas. Aceita que eu estou apaixonada por você que tudo o que me resta fazer é ficar aqui, sendo apenas o que eu sou: Sua.

sábado, 20 de junho de 2015

Quero ser feliz em você!

O barulho da chuva forte não nos incomoda. Você sabe que a janela da sala ficou um pouco aberta e que, provavelmente, o sofá já está encharcado. Mas não se importa. A coberta e a minha cabeça no teu peito são as únicas coisas realmente importantes nesse dia frio. Desenho tuas curvas com a pontas dos meus dedos e você sorri, de olhos fechados. Beijo teu braço, mordo teu ombro e me encaixo ainda mais em você, numa tentativa frustrada de nos tornar um.
Quero me espalhar em você, marcar teu corpo com meus beijos de batom. Misturar nossos cheiros, sabores e gostos. Descansar sobre você, massagear teus ombros e me enroscar nas tuas pernas. Não precisamos ficar agarrados, quero apenas estar nos teus dias. Em presença e em lembrança. Saber que trouxe um sorriso aos seus lábios, um suspiro, ou um pensamento bobo já me é suficiente.
Deixa a chuva inundar o apartamento, mas fica aqui. Me segura pela cintura e fala no meu ouvido que sou linda. Que sou tua. Eu tenho o mundo e a vontade de descobri-lo, mas conhecer teus sonhos se tornou muito mais interessante nesse momento. Esse teu abraço é meu pedaço de paraíso e para onde quero voltar quando o arco-íris chegar.
Não quero apenas alimentar tuas fantasias e alegrar os dias cinzentos. Quero que você tenha a certeza de um colo e beijos quando aparecer um dia de temporal sem fim. Não é pra ser apenas feliz com você, é ser feliz em você. Tendo a certeza de que mesmo que eu não esteja a sua espera na cama de solteiro, estarei trazendo sorrisos e aquecendo esse inverno. Te quero.

quinta-feira, 18 de junho de 2015

Ser tua.

Não levanta agora. Continua aí deitado, quieto, enquanto te admiro e guardo a visão dos teus olhos daqui desse lado. Encosta tua mão no meu rosto outra vez. Isso faz com que eu me sinta sua, ainda que pelos poucos minutos que nos restam. Finja que eu não trabalho hoje. Finja que você não tem seus compromissos. Finja que o mundo vai acabar em poucas horas e tudo o que podemos fazer é aproveitar a presença um do outros. Minta que esperou todos esses dias para encostar teus lábios nos meus. Minta que nossos corpos parecem encaixar como se a teoria de Zeus e seu humano monstruoso de 2 cabeças, 4 braços e 4 pernas fosse real. Quero ser sua alma gêmea por hoje. Amanhã essa ideia se dissipa
Mas fica aqui, me prende nos seus braços. Eu não quero ter que te deixar porque não sei quando vou encarar esses olhos outra vez. Eu ergui um muro em volta e você chegou com esse sorriso, como uma marreta. Destruiu todo o meu medo de me aproximar demais. Destruiu minha vontade de fugir todas as vezes que me encanto com sorrisos assim como o seu. E quando eu tento reerguer tudo outra vez, você me usa esse teu beijo de destruição e me faz tua por mais um momento. E eu me perco outra vez. E tento encontrar um outro caminho. Mas todas as pontes me levam até o seu encontro.
Vem se encontrar em mim. Encara meu colo como um bom lugar para descansar no final do dia.Me segura, encaixando nossos corpos. Segura minha mão e diz que não é fácil me ver indo embora todas as vezes. Não me deixa virar, me puxa para um último beijo. Faça algum ato louco que faça com que eu me sinta só sua. Que você não vai esquecer de nós quando a noite chegar, te oferecendo outras oportunidades de diversão. Eu ainda acredito que é fácil pra você me deixar ir. E minha autodefesa pode surgir a qualquer momento, te empurrando pra bem longe de mim. Como fiz tantas vezes antes.
Mas agora eu quero que você fique. Quero ser o motivo do seu sorriso, de encarar o sol pela janela e imaginar que o mundo é um pouco melhor por estarmos juntos. Quero me ver nos seus olhos, encarar desafios segurando a tua mão, deixar meu medo escorrer pelos dedos. Chega mais perto, fala umas besteiras no meu ouvido. Enquanto eu tento levantar, brinca tentando me fazer não ir. Enquanto me arrumo, faz algum elogio bobo que me traga um sorriso mais bobo. E antes que eu vá, diga que não será a última vez, e me pede pra ficar. Não precisa usar palavras, vou saber ler esses teus olhos. Mas faz um esforço. Eu quero ser tua.

sexta-feira, 12 de junho de 2015

Por que você não tem namorado?

Ele te perguntou assim meio desconfiado, esperando que você desse alguma resposta inteligente pra a burrice dos homens. Mas você simplesmente respondeu "Porque sou chata.". O mundo dele caiu. Ele preparou o discurso sobre como ele era diferente, como você ainda não havia conhecido o cara certo e você lhe deu um soco no estômago. Não deixou aquele mistério que os homens dizem adorar, foi ríspida e sincera. Mas não tão sincera. Você sabe que seus relacionamentos não deram certo por outros motivos, mas prefere assumir sua parcela de culpa do que maldizer os coitados que apenas não estavam preparados pro amor.
Mas eu te digo o real motivo pelo qual você não tem um namorado:
Você acorda cedo mesmo nos seus dias de folga e apenas quer ficar deitada na cama, fazendo carinho e observando o moço dormir. Você ainda não aprendeu a medir a quantidade certa de interesse que deve demonstrar, então qualquer pessoa fora acha que você o ama. E ele acha que você não está nem aí. Ou então, ele fica com medo de qualquer demonstração de afeto maior do que as que já recebeu e foge pela porta dos fundos. Você ainda não encontrou alguém que te quer desse jeito porque não quer sair pra procurar. Porque tem preguiça de ficar acordada até o dia seguinte nas festas e parou de acreditar no acaso já faz tempo. Você não tem namorado porque seu maior sonho é ter um apartamento, cerveja gringa na geladeira e uma pizza quentinha na mesa, enquanto você e ele assistem algum filme. Ainda não apareceu seu príncipe encantado porque você já é grandinha o suficiente pra saber que tudo isso é fantasia, e preferiu os vilões a vida inteira. Seu Han Solo não está entre nós porque você prefere os Rebeldes, mas consegue entender e sente afeto pelo Darth Vader. O cara que vai ler os seus textos apaixonados e te achar linda por saber poetizar a forma como ele te olha e aquele sorriso ainda não caiu na sua rede. Mas vai chegar.
Você não tem um namorado não é por defeitos que acredita ter, não é por parecer desesperada, não é por querer o que não pode ter. Você não tem namorado porque ainda não apareceu alguém corajoso o suficiente de te pegar pela mão e escorregar nesse tobogã que chamam de amor, sem medos e receios. Você não tem namorado porque merece o melhor e o melhor ainda está por vir.

quinta-feira, 4 de junho de 2015

Trago seu amor!

Como achar algum dinheiro perdido no bolso de uma calça antiga, eu sou mestre em achar homens de corações magoados. Entre tantos espalhados e tantos que possam me querer sentimentalmente, eu provavelmente escolherei o mais machucado. Aquele que não quer e nem se interessa por um saída ao cinema ou uma tentativa de mãos se encostando no meio da travessia. Esse vai ser o meu tipo. Eu dou dois passos a frente e ele vai fugir assustado na primeira esquina. Nunca ficará, nem que pra dividir uma pizza num feriado de chuva. Qualquer coisa que envolva nós dois fora da cama será altamente dispensado. E eu vou cavar não só uma queda, mas um precipício por aquele ser.
Talvez eu siga carreira na área da saúde. Provavelmente, cardiologia. Eu vejo um coração todo rachado e tudo o que eu quero é curar. Trato com o carinho que nunca receberam, trago flores pra enfeitar a casa, abro as janelas e os faço de inspiração. Quando percebo, suas asas já estão em perfeito estado e logo eles vão pra longe, conhecer territórios novos. E eu que fico quebrada e solitária. Mas eu tenho a minha cura, eles não. Eu me refaço como fênix em alguns meses, eles sofrem por anos.  Não perco a fé, e tenho tanta que os encho de vida e confiança novamente. Mas eles nunca ficam. Há sempre um novo caminho mais interessante do que esse florido e poético do que eu criei somente para eles. Eu faço transfusão de sentimentos bons, estanco as dores de amores rejeitados, limpo as feridas e o joelho ralado. E no final, acabo doando meu coração, puro e crédulo. Existem pessoas que possuem a cura dentro do próprio corpo e por isso são usadas em tratamentos, eu faço o mesmo. Só que não sou importante.
Vou anunciar meus poderes mágicos de curandeira amorosa nos jornais. Eu poderia estar ganhando um dinheiro com isso, ao invés de receber cada dia mais dores. Você que está aí, perdido e com frio. Rejeitaram seus sentimentos, desprezaram sua paixão. Te magoaram de formas incontáveis. Prazer, sou a sua solução! Trago o amor de volta pra sua vida em alguns dias, ou meses. Depende do quão magoado você está. Desfaço as amarras do passado, trabalhos pra coração tranquilo e banho de amor próprio. Tenho histórias comprovadas de pessoas que ficaram comigo e logo depois (durante também) acharam suas almas gêmeas, casaram e tiveram filhos, inclusive. Não perca a chance! Não é todo dia que você encontra alguém apaixonada disposta a te largar de mão pra você conhecer o amor da sua vida.

terça-feira, 2 de junho de 2015

Continue a nadar.

Olha, eu sei que as coisas não estão acontecendo como você esperou. Eu entendo você chorar pelos cantos, chorar quando o frio bate e chorar no final do dia, estirada na cama. Na verdade, não sei como consegue ter tanta lágrima nesses olhos. É só uma pequena decepção que vira cachoeira. Mas depois que transborda, está pronta pra outra. A vida tem batido bastante, mas você suporta. Fica mais rígida, desacredita por duas horas, mas nunca perde a fé.
Não se prende nesse mundo escuro que estão tentando te empurrar. Dói muito quando você só tem apanhado, mas você conhece o prazer de quando as coisas começam a dar certo. Qualquer outra pessoa vai te desencorajar a ser assim, esse misto de sentimento e coragem. Vão julgar a sua vontade de fazer certo alguém feliz pois acham que você só pode dar quando recebe. Mas você sabe que não funciona desse jeito, e por isso está acima de quem não sabe nada e precisa aprender. Quando quer, não tem nada que te tira do lugar. E não tem porque. Se quer amor, esbanja sentimento. Se quer carinho, pede. Não esconde, não finge porque ensinaram na cartilha que não pode ser a primeira a procurar. Você rasgou o livro de boas maneiras no amor quando ainda engatinhava. Não existem boas maneiras, cartilha, certo ou errado. Existe só a sua procura pela felicidade, e ninguém ficará no seu caminho.
Todo filme romântico passa uma história de encontro e desencontros, você só tem tido a segunda parte e o destino te leva pras curvas mais estranhas. Eu sei que tudo o que você mais quer é alguém pra ficar confortável fazendo nada, e eu vejo você se culpando por todas as vezes que não deram certo. Se assume como chata, como problemática, e acaba afastando qualquer pessoa que se aproxima querendo descobrir o que há por baixo dessa armadura. Não foi por mal, foi por ter sido magoada. Só que ainda não é hora de desistir. Encara de peito aberto essa dor que está rasgando tua carne. Não julgue suas atitudes. Se ele quisesse mesmo ficar e conhecer um mundo incrível ao seu lado, ele viria correndo. Mas ele não quis. O anterior a ele também não. E nenhum deles valia a pena mostrar suas melhores qualidades. E nenhum deles merece essas lágrimas que você tanto derrama.
Você precisa de alguém que queria teu sorriso, tua presença e teu carinho. E esse alguém também tem quebrado a cara por aí, mas vai chegar até você sem medo de se entregar. Apenas com frio na barriga. No final, é isso que importa (pra você). Lembra daquela frase que qualquer outra pessoa acharia bobagem, mas "continue a nadar". Tem tantos peixes no oceano e um oceano imenso pra navegar.