terça-feira, 3 de dezembro de 2013

Eu nunca mais ouvi Los Hermanos.

Eu já fiz um milhão de coisas pra algum cara gostar de mim. Mudei cabelo, modo de vestir e até parei de usar maquiagem. Aprendi a cozinhar, e ouvi certas músicas. E foi pro você que escutei Los Hermanos. Sim, admito que já conhecia algumas músicas. Mas nada além de Anna Julia. Me fantasiei de descolada, citando trechos que ouvi no dia anterior. Andava de modo diferente, agi como você iria gostar. Nada adiantou.
Com você, alem das músicas, aprendi que não posso agir desse jeito pra sempre. Que se o meu sorriso real já não te era interessante, porque eu mudei todo o resto? Eu tentei conquistar você. Fiz seu jogo. Fui de sedutora a melhor amiga. Stalkeei seu Facebook, encarei suas ex namoradas, compartilhei cada uma das suas músicas favoritas como se fossem as minhas. E a cada atitude, me senti ainda mais longe.
Você me pediu um tempo. Tempo que teve durante todo o nosso "não-relacionamento". Cantei Sentimental sozinha, outra vez ("Eu sei, não é assim. Mas deixa eu fingir..."). Nunca pensei que gostaria do estrago, mas agora te agradeço. Não que eu tenha sido feliz cantando o que hoje já nem quero mais ouvir. Só percebi que ninguém precisa me ver na fila da pão e saber que te encontrei. Esse era apenas o começo do fim do meu sentimento por você. Não haverá avenidas ou praças, cinemas ou bares. Só um eu e um você, distantes. Separados.
Eu nunca mais ouvi aquela música sobre repousar meu amor. Pois maior que o amor foi a minha vontade de ser feliz. Agora, ando levando minha vida bem devagar, não faltando amor. Próprio. Foi você quem me afastou com golpes de pincel. E eu? Trouxe flores para mim. Encontrei um amor quando não queria, e não é clichê. Agora tenho a alegria de olhar um sorriso e o ter sempre do meu lado. Alegria de estar junto a ele, e sermos namorados.
Nós nunca mais ouvimos Los Hermanos.